Caem as dívidas das pessoas físicas


Em abril/2019, levantamento de dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) aponta que houve uma desaceleração do avanço das pessoas que estão no negativo, que vem nesse ritmo desde novembro de 2018. Apesar da melhora, os índices mostram que o Brasil ainda registra cerca de 62,6 milhões de inadimplentes, o que representa mais de 40% da população adulta.


A maior parte das pendências (52%) está ligada aos bancos, que envolvem dívidas com cartão de crédito, cheque especial, financiamentos e empréstimos. Comércio, comunicações, água e luz são os segmentos que aparecem em seguida, com respectivamente, 17%, 12% e 10%.

101 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo