top of page

Banco Central do Brasil

Um pouco da história do Banco Central



O Banco Central do Brasil (também conhecido por BC, BACEN ou BCB) é uma autarquia federal autônoma integrante do Sistema Financeiro Nacional sem vinculação a Ministério.


Foi criado em 31/12/1964 pela Lei nº 4.595 e iniciou suas atividades em março de 1965, tendo em vista que a Lei nº 4.595 entrou em vigor 90 dias após sua publicação.


O Banco Central teve um longo processo de maturação até a sua criação. Desde antes do início do século XX, já se tinha a consciência, no Brasil, da necessidade de se criar um “banco dos bancos” com poderes de emitir papel-moeda com exclusividade, além de exercer o papel de banqueiro do Estado.


A necessidade de se encontrar uma instituição financeira que organizasse o sistema monetário do Brasil pode ser observada desde 1694, com a criação da Casa da Moeda. Em 1808, quando o príncipe regente de Portugal, D. João, desembarcou no Brasil colônia, já se tinha a ideia de se criar um banco com funções de banco central e banco comercial. A criação do Banco do Brasil no mesmo ano buscava suprir essa necessidade.


Anteriormente à criação do Banco Central, as atribuições de uma autoridade monetária brasileira eram desempenhadas por múltiplas instituições; especificamente, pela Superintendência da Moeda e do Crédito (SUMOC), pelo Banco do Brasil, e pelo Tesouro Nacional.


Após a criação do Banco Central, buscou-se dotar a instituição de mecanismos voltados para o desempenho do papel de "banco dos bancos". Em 1985, foi promovido o reordenamento financeiro governamental com a separação das contas e das funções do Banco Central, Banco do Brasil, e Tesouro Nacional, que estendeu-se até 1988 quando as funções de autoridade monetária foram transferidas progressivamente do Banco do Brasil para o Banco Central, enquanto as atividades atípicas exercidas por esse último, como as relacionadas ao desenvolvimento e à administração da dívida pública federal, foram transferidas para o Tesouro Nacional.


O Banco Central é a instituição responsável por gerir a política econômica do país, seu objetivo é garantir a estabilidade do sistema financeiro e o poder de compra da moeda em vigor no país, o Real. Suas principais atribuições são:

  • Controlar a inflação brasileira;

  • Supervisionar o Sistema Financeiro Nacional (SFN);

  • Emitir a moeda nacional;

  • Realizar as operações bancárias do Governo Federal;

  • Executar a política monetária e cambial.

 

Contabilidade para MEi ? Conte com a PRO Contábil .



2.006 visualizações7 comentários

Posts recentes

Ver tudo

7 Comments


Mauriceia Freitas
Mauriceia Freitas
Sep 05, 2023

Também concordo com a independência do Banco Central, o governo não tem que interferir nessa instituição.

Like

Estela Vargas
Estela Vargas
Sep 05, 2023

O Banco Central precisa se manter independente para que tenhamos um verdadeiro controle da inflação.

Like

Muito bom esse texto, explica bem as funções do Banco Central.

Like

Joana Bertangue
Joana Bertangue
Aug 30, 2023

Informação que agrega conhecimento, precisa ser divulgada para outras pessoas, vamos compartilhar.

Like

Aline Vieira
Aline Vieira
Aug 21, 2023

O Banco Central precisa ser independente, sempre.

Like
bottom of page