Bares e Restaurantes encerram atividades

Levantamento demonstra situação dos empresários do setor


De acordo com levantamento elaborado pelo SEBRAE (SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS) em conjunto com a ABRASEL (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BARES E RESTAURANTES), divulgado ontem (28/07), aproximadamente 7% dos bares e restaurantes tiveram suas atividades encerradas definitivamente, em decorrência da pandemia do coronavírus.

Durante a pesquisa forma ouvidos cerca de 1.200 empresários atuantes nas áreas de Bares, Restaurantes, Lanchonetes, Pizzarias, Cafeterias, Padarias e Sorveterias localizados em todo o território nacional, entre eles microempreendedores individuais, micro e pequenos empresários, além de proprietários de grandes e médias empresas.

O superintendente do SEBRAE, Afonso Maria Rocha, destacou a importância dos dados coletados pela pesquisa, que demonstram as enormes dificuldades enfrentadas pelo setor.

O levantamento aponta ainda que 92% das empresas apresentara

m queda em seu faturamento, 50% tem dívidas em atraso, e cerca de 19% procederam a demissões em seus quadros de empregados.


É com certeza, um dos setores da economia mais afetados pela pandemia, que além de reduzir vagas de trabalho, também tira do cenário importantes estabelecimentos comerciais, levando consigo memórias de bons momentos de seus freqüentadores.

A pandemia coloca em risco a sobrevivência de estabelecimentos novos, assim como outros tantos tradicionais, seja nas áreas centrais das cidades, seja em bairros mais ou menos tradicionais.


 

Contabilidade em Mogi das Cruzes ? Conte com a PRO Contábil.

339 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo