IBGE registra sinais de recuperação no mercado de trabalho

Oferta de empregos é fundamental para recuperação econômica

De acordo com INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE), cresceu o número de pessoas trabalhando. Em meio à pandemia, só agora com a flexibilização das medidas de isolamento social isso pode ocorrer, apesar de ainda ser um número pequeno.


A coordenadora do Trabalho e Rendimento do IBGE, Maria Lucia Vieira, disse "Isso já pode estar sinalizando uma retomada do mercado de trabalho. As pessoas já estão voltando a buscar trabalho. Já é a segunda semana com aumento na ocupação", após as pesquisas apontarem que na segunda semana de agosto a população fora da força de trabalho, que não estava trabalhando nem procurava por trabalho, somara 75,5 milhões, número menor do que o apresentado na primeira semana, 76,1 milhões.

Segundo a pesquisa, o número de brasileiros que gostariam de trabalhar mas não procurou emprego durante o período, caiu de 28,1 milhões para 27,1 milhões. Parte desse grupo de pessoas pode ter conseguido uma vaga enquanto que outra parte, retornado à procura de emprego.

De acordo com alguns economistas, o retorno dessa população, que está inativa, ao mercado de trabalho, deve pressionar para cima as taxas de desemprego.

Apesar de tudo, o Brasil ainda conta com 40 milhões de brasileiros interessados em trabalhar.

 

Contabilidade em Suzano ? Conte com a PRO Contábil.

128 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo